José Mourinho não é propriamente conhecido pela sua modéstia, mas neste caso em concreto demonstrou, pelo menos, algumas reservas a respeito do seu trabalho.

O treinador do Manchester United recusou-se a assinar um quadro em que é apresentado como o Super-Homem, com a letra "M" no lugar do habitual "S". Segundo o jornal The Sun, o técnico luso considerou "inapropriado" assinar a imagem visto que ainda não conseguiu impressionar no comando técnico do Manchester United.

Veja a imagem completa.

O quadro é da autoria do artista Fanny Gogh e iria ser leiloado na gala da UNICEF, no final de outubro. No entanto, o facto de Mourinho ter considerado "inapropriado" assinar o quadro em questão levou a Manchester United Foundation a retirar a obra do leilão.

"Fiquei muito desiludido quando ouvi dizer que o José se tinha recusado a assinar o quadro", disse o artista, citado pelo The Sun. "Na minha ótica, ele ainda tem o poder necessário para se tornar um super-herói, mas respeito a sua decisão".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.