Nani não esconde a enorme confiança no seu potencial e confessa o sonho e a ambição de integrar em breve os eleitos para a Bola de Ouro. "Sei que ainda posso ser melhor e agora o meu objectivo é constar, no próximo ano, nos nomeados para a Bola de Ouro. Quero deixar a minha marca. Quando me retirar, quero que as pessoas digam: ‘Nani foi um grande jogador’. Quero fazer algo especial na minha vida", disse o jogador do Manchester United, em declarações citadas no jornal Record.

O internacional português considera a saída de Ronaldo como um factor preponderante para a sua afirmação nos red devils, onde já soma 6 golos e 10 assistências. "Agora é mais fácil destacar-me. Cristiano é um jogador fabuloso, que recebia toda a atenção e merecidamente. Adorei jogar com ele e entendíamo-nos bem, mas também é verdade que, quando ele deixou o United abriu espaço para que outros jogadores brilhassem. Vi, nessa saída, a oportunidade para provar a minha qualidade e mostrar às pessoas aquilo que posso fazer. E foi o que fiz".

Entre os aspectos que Nani diz ter melhorado, o trabalho defensivo é realçado como uma conquista do seu treinador: "Sir Alex Ferguson explicou-me a importância de defender bem e que, dessa forma, conseguiria atacar melhor. E é verdade."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.