José Mourinho não está preocupado em falhar no seu segundo regresso aos ingleses do Chelsea. O técnico português afirma que ninguém poderá apagar o seu legado em Stamford Bridge e que só quer ser avaliado por aquilo que fizer a partir de agora.

«Não estou a arriscar o meu legado no Chelsea. Aquilo que fiz está feito e ninguém pode apagar. Ninguém pode apagar a minha história no Chelsea. Depois, conheço a mentalidade deste clube e sei que eles nunca vão esquecer o que fiz por este emblema. Eles não vão esquecer que dei tudo. Agora, quero ser visto como o novo treinador do Chelsea e ser analisado por aquilo que vou fazer agora», afirmou Mourinho ao jornal inglês The Sun.

Depois de substituir o “mal-amado” Rafael Benítez no comando técnico do Chelsea, Mourinho espera agora unir os adeptos em torno da equipa londrina.

«Quero que eles estejam connosco como a família Blue. Uma família, que na temporada passada, pareceu, em certos momentos, estar partida. Quero juntar esta família e assim ter todo o seu apoio. Pretendo que os jogadores sejam apoiados e quero que eles apoiem o Chelsea», atirou o técnico português.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.