A compra do Newcastle - cerca de 80% do capital do clube do norte de Inglaterra - por parte de um príncipe saudita tem feito correr muita tinta na imprensa.

O valor do investimento está avaliado em cerca de 300 milhões de libras, ou seja, 343 milhões de euros.

Desta feita, A noiva de Jamal Khashoggi, jornalista que foi assassinado no consulado saudita em Istambul em 2018, pede para que o negócio seja bloqueado pela Premier League.

Mohammed bin Salman foi envolvido no processo, já que a investigação considera que o crime teve lugar com o conhecimento do príncipe.

"A proposta de compra não é apenas 'negócio' para o príncipe herdeiro e as autoridades, mas sim uma tentativa de fugir à justiça. (...) Não pode haver lugar no futebol inglês para pessoas que praticam estes atos abdomináveis", pode ler-se na carta de Hatice Cengiz dirigida aos órgãos dirigentes da Premier League.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.