É oficial. Marco Silva já não é o treinador do Watford. O técnico português foi despedido pelos 'Hornets', que culpam a pressão do Everton para explicar os maus resultados da equipa.

Depois de apenas oito meses no cargo, a direção do clube inglês acredita que foi a persistência do Everton em contratar o técnico português que levou a piores resultados da equipa. Em comunicado, o clube explica isso mesmo.

"Esta foi uma decisão difícil e não foi tomada de ânimo leve. O clube está convencido que a contratação de Silva foi a mais correcta e, se não fosse por uma aproximação injustificada de um rival da Premier League para garantir os seus serviços, iríamos continuar a ter sucesso com a sua liderança"

"O catalizador desta decisão é que essa aproximação injustificada foi algo que a direçaõ acredita que viu uma deterioração no foco e resultados ao ponto de que o futuro a longo prazo do Watford foi colocado em causa".

"Para a segurança e sucesso do clube, a administração decidiu fazer uma mudança", é dito no comunicado.

É de recordar que o Everton, por altura do despedimento de Ronaldo Koeman, tentou falar com Marco Silva para que o técnico assumisse o comando técnico dos 'toffees'. Apesar de tanto o clube como o próprio treinador terem negado qualquer rumor de saída, a verdade é que a direção acredita que essa é a razão para a má-forma da equipa no campeonato inglês.

Recorde-se que o Watford tem uma série de oito derrotas em onze partidas e, como tal, o clube decidiu despedir o treinador português. O clube está na 10ª posição do campeonato inglês, com 8 vitórias em 26 partidas.

Marco Silva, de 40 anos, estava a ter a sua segunda experiência em Inglaterra no Watford, depois de, na época passada, ter treinado o Hull City. O técnico português começou a sua carreira como treinador no Estoril Praia, em 2011/2012, depois de ter sido jogador do clube.

Ao serviço dos estorilistas, o técnico português conseguiu a subida para a primeira divisão e a qualificação para as competições europeias. Em 2014/2015, transferiu-se para o Sporting, onde conquistou uma Taça de Portugal

Na época seguinte, foi treinar o Olympiakos, onde se sagrou campeão grego, antes de rumar ao Hull City.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.