O Manchester United passou hoje por muitas dificuldades para vencer o Wolverhampton em Old Trafford. Só nos descontos da partida é que os red devils de Alex Ferguson selaram o sexto triunfo na Premier League, por 2-1.

Sem Rooney, Berbatov ou Nani no onze inicial, o jogo assinalou o regresso inglório de Hargreaves aos relvados, depois de cerca de dois anos de ausência por lesão. No entanto, o internacional inglês não aguentou muito e aos cinco minutos foi substituído, devido a nova lesão.

A saída infeliz de Hargreaves foi colmatada pela entrada de Bebé. O jovem português, que já estivera em foco no último jogo da Champions com o Bursaspor, mereceu novamente a confiança de Alex Ferguson. Antes do desafio desta tarde, Bebé apenas tinha alinhado em 10 minutos na Premier League

Numa primeira parte algo monótona, e onde os Wolves até estiveram mais perto do golo, foi o sul-coreano Park a romper a letargia do Manchester United, furando a defesa dos Wolves aos 45' para fazer o 1-0.

Na segunda parte, os forasteiros reagiram e chegaram mesmo ao empate, graças ao golo de Blake, aos 66’, aproveitando uma enorme falha de Vidic.

Os red devils lançaram-se então no assalto à baliza do Wolverhampton, mas só nos descontos é que os adeptos do Manchester United suspiraram de alívio. Aos 93’, Park salva o United com uma excelente jogada individual e atira para o 2-1 final, permitindo a aproximação provisória ao líder Chelsea.

Bebé acabaria por ser substituído aos 74', num jogo em que teve uma participação esforçada, mas muito discreta, muito por culpa do fraco rendimento da equipa no seu colectivo.

No outro jogo já realizado esta tarde, o Tottenham foi derrotado no terreno do Bolton, por 4-2. Depois da vitória na Liga dos Campeões sobre o Inter de Milão, Harry Redknapp poupou alguns jogadores e os spurs ressentiram-se, efectuando uma partida apagada no Reebok Stadium.

O Bolton esteve mesmo a ganhar por 3-0, mas o Tottenham conseguiu reduzir para 3-2 nos últimos minutos, relançando a discussão do resultado até que Petrov fez o 4-2 nos descontos e sentenciou a derrota dos Spurs.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.