O uruguaio Gustavo Poyet foi demitido do comando técnico do Brighton em plena participação num programa na BBC.

O antigo internacional era o convidado de um programa onde surgia como comentador da Taça das Confederações, quando a sua intervenção foi interrompida para divulgar o comunicado do clube a dispensar os seus serviços, após três épocas de trabalho.

«Gus Poyet foi informado hoje pelo comité de disciplina do Brighton Hove Albion que a sua ligação ao clube foi interrompida, com efeitos imediatos. Esta decisão segue-se à sua suspensão, a uma investigação e à consequente acusação. Em linha com os regulamentos do clube e com as leis do Reino Unido, Mr Poyet tem o direito de apelar contra esta decisão», refere o comunicado.

Já Poyet, que reconheceu que o ambiente entre as duas partes não era o melhor, mostrou-se surpreendido com o que considerou ser uma decisão inédita. «O que eu acho é que a BBC tem aqui uma grande história. Vai ficar para a eternidade. Um treinador ser informado que foi dispensado pelo clube no decorrer de um programa da BBC é, no mínimo, surpreendente. Não falei com ninguém, não recebi nenhuma mensagem, nenhum e-mail... Provavelmente sou o primeiro a ser despedido desta forma», concluiu. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.