O médio do adversário do FC Porto nos oitavos de final da Liga dos Campeões poderá inclusivamente ter fracturado a perna, explicou o treinador do Arsenal, Arsène Wenger.

"Sabemos que é uma lesão grave, mas desconhecemos ainda a gravidade. A paragem? Será longa, de certeza absoluta. Estamos muito insatisfeitos e não acreditamos que este tipo de acontecimentos seja coincidência. São demasiados jogadores lesionados", atirou o treinador francês.

Ryan Shawcross foi expulso pelo árbitro da partida, na sequência dessa entrada bárbara e abandonou o relvado em lágrimas, depois de perceber a gravidade da lesão.

O jogo estava 1-1 aos 67 minutos, quando se deu o lance fatal para Ramsey, mas o Arsenal acabou por vencer por 3-1, com golos de Cesc Fabregas, de grande penalidade, e de Thomas Vermaelen, já no período de compensação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.