O Manchester United voltou aos triunfos na Premire League inglesa na noite de quarta-feira, ao vencer por 3-1 no terreno do Brentford, num jogo em que Cristiano Ronaldo não marcou e foi substituído à passagem do minuto 74, mostrando sinais de descontentamento quando cedeu o seu lugar a Harry Maguire.

No final do encontro, o atual treinador do United, Ralf Rangnick, justificou a alteração tática e o porquê de ter retirado de campo o internacional português.

"Ele quer marcar golos, mas tenho de ter consciência de que vamos voltar a jogar daqui a três dias e o Ronaldo regressou de lesão. Era preciso defender o 2-0 e a decisão certa era mudar para um sistema de cinco defesas. Recordo que no jogo com o Aston Villa deixámos escapar a vitória. Na altura fiquei chateado comigo mesmo por não ter mudado, desta vez não ia cometer o mesmo erro", começou por lembrar o técnico alemão.

"Ronaldo tem 36 anos. Está em grande forma, não coloco isso em questão, mas quando és treinador vês o jogo com outros olhos. O meu trabalho é tomar decisões que sirvam os melhores interesses da equipa e do clube", acrescentou.

O Manchester United ocupa, atualmente, o 7.º lugar na Premier League, com 35 pontos, mas está a apenas dois do 4.º lugar, último de acesso à Liga dos Campeões, ocupado pelo West Ham. Cristiano Ronaldo, por seu lado, só marcou um golo nos últmos quatro jogos que disputou e ainda não apontou qualquer golo em 2022.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.