Wayne Rooney foi apanhado pela polícia a conduzir sob o efeito de álcool, o que, em circunstâncias normais, de acordo com a lei inglesa, o avançado do Everton ficaria dois anos sem carta de condução e teria de fazer 100 horas de serviço comunitário.

“Tenho filhos e o que aconteceu, ao terem conhecimento disto, não é bom para eles. Mas estou a aprender com aquilo que tenho feito. Cometi um erro estúpido e desiludi os meus filhos”, disse Wayne Rooney, de 32 anos, em entrevista ao jornal Mirror.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.