Ryan Giggs, antigo jogador do Manchester United, considera que o rival City é "a equipa a bater" na corrida ao título inglês. Em declarações à Sky Sports, o antigo internacional galês elogiou as contratação feitas pelos 'citizens' neste defeso, mas faz questão de apontar algumas reservas, nomeadamente em relação a Ederson, guarda-redes que chegou à equipa de Guardiola proveniente do Benfica.

"Os jogadores que eles têm para o ataque é assustador, com Sergio Agüero, Gabriel Jesus, Leroy Sané, Kevin De Bruyne, David Silva e Raheem Sterling", começou por dizer Giggs.

"Precisavam apenas de resolver a questão na defesa e agora será interessante ver como é que Ederson se integra, porque ninguém ganha a Premier League com um guarda-redes mediano", acrescentou.

O galês mantém ainda algumas reservas em relação ao campeão em título, o Chelsea: "Não podemos ignorar o Chelsea pois tem qualidade, mas será que têm um plantel equilibrado para disputar a Premier League e as competições europeias [Liga dos Campeões]? Não tenho a certeza..."

Ryan Giggs falou ainda sobre o Manchester United, considerando que Romelu Lukaku, reforço mais sonante dos 'red devils' neste verão, vai mostrar toda a sua veia goleadora.

"O United precisava de sangue novo e a lesão do Ibrahimovic acabou com as dúvidas sobre se seria ou não substituído. O Lukaku vai marcar golos, quanto a isso não há dúvida. Tem de trabalhar a sua receção de bola, mas já era um avançado que fazia muitos golos no WBA e no Everton - e agora terá ainda mais oportunidades em Old Trafford. Mas ele nunca sentiu a pressão do que representa ser um avançado do United, onde os adeptos não perdoam desempenhos medíocres", analisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.