As recentes declarações de José Mourinho sobre o mercado de transferências no futebol inglês e os gastos do Manchester City foram criticadas por Paulo Scholes, antigo jogador e capitão do Manchester United.

Na opinião do ex-internacional inglês, o técnico português foi infeliz ao criticar o Manchester City pelos elevados gastos em contratações quando o próprio Mourinho tem à sua disposição milhões de euros para gastar, e mesmo assim está a 14 pontos da equipa comandada por Pep Guardiola.

"Parecem-me estranhos, infelizes. Não os devia fazer com o dinheiro que tem. O problema é saber gastar convenientemente. Mourinho está a 14 pontos do City e a última coisa que devia fazer é queixar-se deles, falar deles. O City fez muito bem o seu trabalho. Guardiola melhorou a equipa tanto no capítulo desportivo como nas contratações. Acertou onde gastou o dinheiro", disse Scholes à imprensa inglesa..

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.