"Estamos encantados por Paul ficar mais um ano", afirmou o treinador do clube, Alex Ferguson, depois de o jogador de 35 anos, descontente com o seu próprio rendimento, já ter admitido poderia retirar-se.

"Estou feliz por ter prolongado" o contrato, comentou Scholes, depois de ter seguido as pisadas de outro veterano do clube, o galês Ryan Giggs, que recentemente renovou também o seu contrato.

Gary Neville, outro histórico, que tal como Scholes e Giggs, fez toda a sua carreira no Manchester United, ainda não renovou contrato.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.