O treinador do Manchester City, o italiano Roberto Mancini, retirou a braçadeira de capitão a Carlos Tévez, depois de no defeso o futebolista argentino ter insistido em abandonar o clube inglês.

«Respeito a sua vontade de deixar o clube, mas Carlos Tévez mantém-se por cá, porque não conseguimos encontrar uma solução para ele. E um jogador fantástico, que marca 20 golos por época, mas decidimos que Vinny (Vincent Kompany) passará a ser o capitão», explicou Mancini.

Foi Tévez que levantou em maio o primeiro troféu do City dos últimos 35 anos, depois de o clube de Manchester ter batido o Stoke City (1-0) na final da Taça de Inglaterra, mas no final da época o argentino fez tudo para deixar Inglaterra.

Os brasileiros do Corinthians estiveram perto de “resgatar” Tévez, mas as negociações acabaram por abortar e nenhum outro clube apresentou uma proposta que convencesse o Manchester City.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.