O avançado argentino, Carlos Tévez, pode ter trocado o Manchester City pela Juventus mas a sua estadia em Inglaterra pode vir a ter de ser prolongada devido a uma sentença por cumprir de 250 horas de trabalho comunitário.

A transferência milionária do internacional argentino para os bicampeões italianos pode estar consumada, mas a justiça inglesa não esquece a condenação a Carlos Tévez por conduzir sem habilitação e seguro.

Tudo terá ocorrido no passado mês de abril, quando o avançado argentino foi condenado pelo tribunal de Macclesfield a uma pena de 250 horas de trabalho comunitário por conduzir sem habilitação e seguro.

Após a confirmação da transferência de Tévez para Turim, as autoridades inglesas reagiram lembrando o avançado que terá de cumprir a sentença, sendo que nestes caso os condenados podem fazer no máximo 35 horas por semana - a Juventus começa os treinos a 12 de julho -, e que o incumprimento levará ao agravamento da pena.

«Os infratores têm de cumprir as sentenças. Serão tomadas medidas sobre quem não o fizer», revelou um porta-voz das autoridades inglesas ao jornal "Dail Mail".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.