O futebolista Tomas Rosicky sofreu novo contratempo físico, uma lesão num tendão da coxa, o que coloca em dúvida se o checo voltará a vestir a camisola do Arsenal, com o qual termina contrato em junho.

O médio, de 35 anos, falhou praticamente toda a primeira metade da época, devido a uma lesão no joelho e o treinador Arséne Wenger confirmou hoje que o jogador, que tinha jogado 19 minutos com o Burnley (2-1), estará de fora mais três meses.

Questionado se Rosicky tinha feito o último jogo pelos ‘gunners’, Wenger respondeu: “Espero que não, mas a lesão é realmente séria”.

O jogador assinou pelo Arsenal, clube em que se encontra há dez épocas, em 2006, proveniente dos alemães do Borussia Dortmund, e desde então tem um dos principais ativos do plantel.

O Arsenal é uma das equipas na corrida ao título inglês, o qual lhe escapa desde 2004, e depois de ter estado na liderança da competição é atualmente quarto classificado.

O campeonato é liderado pelo Leicester, com 50 pontos, seguido de Manchester City, com 47, e Tottenham e Arsenal, ambos com 45.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.