O Tottenham de André Villas-Boas perdeu hoje a possibilidade de ultrapassar o Arsenal na classificação da Liga inglesa de futebol, ao empatar 2-2 com o Chelsea, no último encontro da 36.ª jornada.

Num jogo equilibrado e cheio de emoção, o Chelsea esteve em vantagem por duas vezes, permitindo um empate que mantém tudo igual na tabela da “Premier League”, com os “blues” na terceira posição, a penúltima de acesso à Liga dos Campeões, o Arsenal em quarto e a equipa de Villas-Boas em quinto.

O brasileiro Oscar abriu as hostilidades aos 11 minutos, mas não foi preciso esperar muito para que Adebayor igualasse o marcador, aos 26.

Ainda antes do intervalo, Fernando Torres assistiu o ex-benfiquista Ramires, que fez o 2-1 para alegria do público da casa. Mas Stamford Bridge ainda veria mais um golo, desta feita da autoria de Sigurdsson, que, aos 80 minutos, definiu o resultado final.

O empate serve mais as pretensões do Chelsea, que soma 69 pontos, mais dois do que o Arsenal e três sobre o Tottenham.

Os “Spurs”, que perderam 12 pontos nos últimos oito jogos, não são mais donos do seu próprio destino e têm igualmente desvantagem na diferença de golos em relação aos seus dois rivais, arriscando-se a falhar a “Champions” pela terceira vez consecutiva, depois de terem passado grande parte da época no quarteto da frente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.