O Liverpool está na iminência de mudar de donos. Apesar da resistência dos proprietários norte-americanos George Gillett e Tom Hicks, que ameaçaram demitir alguns membros da administração do clube, a proposta do New England Sports Ventures (NESV), que detém a equipa de basebol dos Boston Red Sox, foi autorizada pelo Supremo Tribunal de Londres.

Os dois donos do histórico clube inglês pretendiam uma oferta mais generosa e não gostaram de ver a administração liderada por Martin Broughton aceitar a proposta do grupo norte-americano.

O recurso à justiça foi a última forma de travar o processo de venda encontrado por Gillet e Hicks, mas o Supremo Tribunal de Londres não deu provimento às queixas dos dois norte-americanos.

Desta forma, o Liverpool deverá mudar brevemente de donos, numa operação avaliada em 343 milhões de euros, que contribuirá para saldar a dívida do clube.

Recorde-se que os reds estavam na iminência de cair numa fase de administração judicial, devido à aproximação do prazo limite de pagamento de quase 225 milhões de euros ao Royal Bank of Scotland. Se não fosse encontrada uma solução até sexta-feira, o Liverpool poderia perder nove pontos e entrar num processo semelhante ao que afectou o Portsmouth na época passada. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.