Liverpool e Manchester United querem levar a votação uma proposta para reduzir a Premier League de 20 para 18 equipas, alterar o formato de eliminatórias da Taça da Liga e acabar com a Supertaça.

A notícia está a ser avançada pelo 'Telegraph', que explica que estas medidas iriam, na opinião dos dois colossos do futebol inglês, permitir à Premier League angariar 250 milhões de libras, com os quais beneficiariam os 72 clubes que estão entre o segundo e o quarto escalão inglês.

O objetivo passará, de acordo com aquela publicação, por implementar este novo formato já 2022, com quatro clubes a serem relegados da Premier League na época anterior e apenas dois emblemas do Championship subirem diretamente. O 16.º classificado do escalão principal disputaria um 'play-off' com as equipas que ficassem no terceiro, quarto e quinto posto da segunda divisão para decidir a derradeira vaga na Premier League.

Ainda de acordo com o 'Telegraph', Arsenal, Chelsea, Manchester City e Tottenham já terão mostrado apoio a esta medida, que surge em virtude dos problemas nos escalões secundários do futebol inglês criados pela pandemia de COVID-19.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.