André Villas-Boas foi despedido este domingo do Chelsea.

A informação já foi anunciada no site oficial do clube inglês, através de um comunicado. «A direção quer expressar gratidão pelo seu trabalho e a tristeza por a relação ter terminado tão cedo. Infelizmente, os resultados e as performances da equipa não têm sido suficientemente bons e não existiam sinais de melhoria numa altura crucial da temporada», refere a nota publicada.

Recordando que a equipa tem ainda aspirações na Liga dos Campeões e na Taça de Inglaterra, o clube londrino sentiu que «a única opção era fazer uma mudança neste momento».

A direção confirmou ainda que o italiano Roberto di Matteo, até aqui adjunto de André Villas-Boas, vai assumir o comando dos 'blues' de forma interina até ao final da época.

André Villas-Boas, de 34 anos, abandona assim o Chelsea ao fim de cerca de nove meses, deixando o clube no quinto lugar da Premier League, com 13 vitórias, sete empates e sete derrotas. O desaire de ontem diante do West Bromwich, por 1-0, ajudou a colocar um ponto final na aventura inglesa, depois de um ano de sonho no FC Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.