O treinador português defendeu Fernando Torres publicamente depois do falhanço incrível do avançado espanhol frente ao Manchester United.

O Manchester United venceu o Chelsea por 3-1 num jogo em que Fernando Torres teve um dos maiores falhanços da história recente do futebol. O internacional espanhol tirou o guarda-redes De Gea do caminho e quando estava só, frente à baliza, rematou de primeira ao lado. Torres podia ter marcado o seu segundo golo no encontro numa altura em que os londrinos perdiam por 3-1.

No final do jogo, André Villas-Boas defendeu o seu jogador, lembrando que Rooney também falhou, de forma caricata, uma grande penalidade.

«Temos de ser justos. Vimos dois dos melhores avançados do mundo falharem oportunidades incríveis. O Fernando (Torres) com a sua perdida e o Wayne Rooney com o seu penalty. Isso não é nada de dramático mas por vezes torna-se relevante», disse o ex-treinador do FC Porto que somou a sua primeira derrota ao serviço do Chelsea.

André Villas-Boas defendeu assim a crucificação pública que está a ser feita a Fernando Torres em Inglaterra.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.