Arsene Wenger afirmou que não pretende decidir o seu futuro com base em apenas um jogo. No rescaldo de ter assinado a renovação, o técnico francês disse que não houve nenhum jogo em que pensasse que estava na hora de dizer adeus.

“Após 20 anos nesta casa nunca iria decidir o meu futuro em prol de um resultado de apenas um jogo… seria um pouco estranho e bizarro. O Arsenal é muito importante e merece respeito da minha parte e de todos”.

Wenger vai manter-se no comando técnico da equipa depois de ter estado em risco a sua manutenção no emblema londrino.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.