O West Ham doou a verba que cobrou de multa ao futebolista internacional francês Kurt Zouma, por causa de abusos a um gato, a várias instituições de proteção e bem-estar animal, anunciou hoje o clube inglês.

“O West Ham United tem o prazer de confirmar que doações financeiras foram feitas para várias instituições de caridade de bem-estar animal, após a multa do clube aplicada a Kurt Zouma”, informaram os ‘hammers’ em comunicado.

Segundo a entidade, sétima classificada da Liga inglesa, “um total de nove organizações, que apoiam a proteção e bem-estar animal no Reino Unido e no exterior, foram identificadas para receber pagamentos significativos".

Esta iniciativa do West Ham surge após a divulgação de um vídeo polémico, que mostra Kurt Zouma a pontapear o seu gato e a atirar-lhe com um sapato.

O defesa de 27 anos foi sancionado pelo seu clube com uma pesada multa, estimada em cerca de 300 mil euros.

Entre outros, o dinheiro vai ajudar uma associação que lida com a evacuação de animais na Ucrânia, identificada graças à ajuda dos adeptos do clube, segundo especificou o West Ham.

O internacional francês (11 internacionalizações) também perdeu o seu contrato de patrocínio com a marca Adidas na sequência do incidente.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.