Numa entrevista hoje publicada pelo jornal inglês Sunday Express, David Gold, um dos proprietários dos “Hammers”, afirma: “David Beckham poderá ter um papel central, em virtude das suas origens, para ajudar o West Ham a conseguir o Estádio Olímpico. E talvez ainda possa jogar por nós, no final da carreira”.
Gold recordou que a mais mediática “estrela” do futebol inglês, actual jogador dos norte-americanos Los Angeles Galaxy, é originário da zona Leste de Londres, onde o West Ham também está instalado.

O Estádio Olímpico de Londres, o principal recinto dos Jogos 2012, com capacidade para 80 000 espectadores, vai ficar localizado em Stratford, na zona Leste da capital, perto do actual recinto dos “Hammers”, o Boleyn Ground, que está situado em Upton Park e só leva 35 000 pessoas.

David Beckham foi embaixador da vitoriosa campanha de Londres à organização dos Jogos Olímpicos de 2012, além de ser vice-presidente do comité da candidatura inglesa à organização do Campeonato do Mundo de futebol em 2018 ou 2022, aos quais Portugal concorre em conjunto com a Espanha.

O ex-jogador do Manchester United e do AC Milan falhou o Mundial2010 devido a lesão, mas esteve presente na África do Sul enquadrado na comitiva inglesa.

“Se ele se juntasse a um clube como o nosso e nos ajudasse a realizar um novo sonho, seria perfeito para todos. Nós queremo-lo connosco”, acrescentou David Gold.

Recentemente, David Beckham afirmou que gostaria muito de poder jogar pela Grã-Bretanha nos Jogos Olímpicos de Londres, apesar de em 2012 já contar com 37 anos.

“Se ainda jogar e se acreditar que ainda posso fazer a diferença no seio de uma equipa, gostaria muito. Se esse não for o caso, estarei lá de qualquer modo”, sublinhou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.