O Chelsea, 10.º classificado na última liga inglesa de futrebol, anunciou hoje que renovou contrato com o internacional brasileiro Willian por mais quatro épocas.

O médio ofensivo de 27 anos – cujo passe o Chelsea adquiriu há três anos ao Anzhi, da Rússia, por 32 milhões de libras (cerca de 38,3 milhões de euros) – mostrou-se satisfeito por prosseguir a carreira no clube londrino.

“Estou muito feliz por assinar novo contrato com o Chelsea. É um sonho continuar neste clube nos próximos quatro anos e vou tentar ajudar a equipa a conquistar novos títulos”, disse Willian, que justificou o sucesso do Shakhthar Donetsk, que venceu a extinta Taça UEFA em 2009, com a qualidade de rede de olheiros que tem para o futebol internacional.

Willian, que marcou 19 golos em 140 jogos, tinha sido recentemente notícia na imprensa inglesa por causa de uma alegada reunião com o ex-treinador do Chelsea, José Mourinho, visando uma transferência para o Manchester United, agora orientado pelo treinador português.

No entanto, apesar de ter conquistado o título da 'Premier League' e a Taça da Liga sob o comando técnico de Mourinho, Willian mostrou-se “motivado para trabalhar” sob as ordens do novo treinador do Chelsea, o italiano Antonio Conte, que dirigiu a seleção transalpina no Euro2016.

“Tenho vivido momentos incríveis desde que entrei para o clube há três anos, ganhei títulos e na época passada fui nomeado Jogador do Ano do Chelsea", disse Willian, que espera ser capaz de “manter esse nível nas próximas épocas e alcançar mais títulos”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.