Sporting, FC Porto e Benfica, os três maiores clubes do campeonato português encaixaram cerca de 500 milhões de euros em proveitos financeiros, contando com os 167 milhões de euros da venda de jogadores.

O jornal 'Negócios' analisou as receitas dos três emblemas na época transacta e concluiu que sem as vendas de ativos, Benfica, FC Porto e Sporting encaixaram cerca de 417,79 milhões de euros.

Cerca de 40% desse valor teve origem nos contratos de direitos televisivos. O Benfica recebeu cerca de 100 milhões de euros de receitas com as transmissões, o FC Porto cerca de 42,5 milhões de euros e o Sporting totalizou 24,5 milhões de euros.

Na mesma análise, conclui-se que o FC Porto registou maiores receitas, não contando com as vendas de jogadores, registando 80 milhões de euros só nas provas europeias. Os encarnados revelaram que arrecadaram 56,8 milhões de euros em prémios decorrentes da participação na Liga dos Campeões. No ano passado tinham lucrado menos 38,9 milhões de euros. O Sporting lucrou cerca de 10,5 milhões de euros.

Custos com o pessoal

O Sporting foi o único dos 'Grandes' que conseguiu baixar o valor da despesa. Os três clubes totalizam valores a rondar os 100 milhões de euros. Os leões têm custos superiores às receitas, apresentando uma atividade operacional deficitária.

Já o pessoal representa cerca de 60% dos custos operacionais, um peso que tem particular representatividade no Sporting, com as despesas com o pessoal a representarem cerca de 90%. No Benfica tem um peso de cerca de 58% e no FC Porto cerca de 52%.

Valor dos empréstimos

O Sporting foi o único dos três grandes a aumentar o valor dos empréstimos. Os verdes e brancos passaram dos 111 milhões de euros para os 149,8 milhões de euros. Benfica e FC Porto conseguiram diminuir esse montante: Os encarnados passaram dos 278,7 milhões de euros para os 222 milhões de euros. Os azuis e brancos amortizaram as obrigações à banca de 176,6 milhões de euros para os 146,8 milhões de euros.

Ainda assim, o Negócios alerta que os três clubes contam com um passivo conjunto no valor total de cerca de 1,1 mil milhões de euros. Contudo o ativo é superior a esse montante.

*Notícia atualizada às 10h46.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.