O Sporting negou este sábado qualquer intenção de antecipar as receitas das verbas do contrato com a NOS. Num comunicado, assinado pelo diretor de comunicação do clube, Miguel Braga, e intitulado 'Antecipação Falsa', os "leões" salientam que, ao contrário do quem vindo a ser noticiado, "o Sporting Clube de Portugal não quer, nem pondera antecipar qualquer verba".

Leia o comunicado na íntegra

"Vamos começar por esclarecer: Frederico Varandas e a direcção do Sporting Clube de Portugal não querem antecipar qualquer verba do contrato da NOS, muito menos os 229 milhões de que se fala numa notícia matinal. Não é esse o caminho.

Tendo o Sporting Clube de Portugal contraposto "que não tem qualquer novo contrato fechado com a Apollo e que os bancos são a fonte de financiamento prioritária", é lamentável e, no mínimo, estranho, que se noticie um acordo sobre um acordo inexistente e negado. Ou seja, que se faça uma notícia com informação desmentida, explicada e repetida.

Assim, repito, neste momento, o Sporting Clube de Portugal não quer, nem pondera antecipar qualquer verba.

É sabido e público que existe mais verba a antecipar do contrato da NOS, mas foi explicado e reforçado pelo Sporting Clube de Portugal que não existia vontade em fazer essa operação financeira. Os valores e antecipação referidos na notícia são fruto de uma imaginação fértil, mas, mais grave, é quando os mesmos foram desmentidos e todos os números explicados, se continue com o mesmo discurso.

Tal como esta direcção defende a verdade desportiva, também defende a verdade informativa. Esta é uma altura crucial para o país, não é tempo para isto"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.