De saída do Mónaco, após temporadas e meia emprestado ao emblema monegasco pelo Leicester, Adrien Silva concedeu uma extensa entrevista à revista 'France Football', na qual um dos assuntos abordado foi um possível regresso a Alvalade para representar o Sporting na próxima temporada.

E o antigo capitão dos 'leões' não colocou de parte essa hipótese. "A única coisa que importa é quanto interesse o clube demonstra em mim. Sim, o Sporting é uma das possibilidades, mas não depende só de mim. Não é uma simples questão de timing", esclareceu o médio, que deixou o o conjunto leonino, onde se formou como jogador, em 2017/18 para rumar ao Leicester a troco de 25 milhões de euros.

Adrien confessou ainda que o Mónaco começou por demonstrar interesse na sua continuidade, mas tal intenção mudou com a pandemia da COVID-19. "O Mónaco tinha mostrado interesse em continuar a contar comigo na próxima época. Foi o que os dirigentes me disseram. Durante a pandemia, contudo, as coisas mudaram e fiquei surpreendido. O que aconteceu mostrou-me, uma vez mais, que no futebol nada é garantido até estar assinado. Cheguei ao Mónaco e adaptei-me muito bem, servi o clube numa altura de grande dificuldade. Estava no último lugar e arrisquei porque queria jogar e reencontrar-me com o Leonardo Jardim. Gostava de continuar aqui", admitiu o internacional português, ligado contratualmente ao Leicester até junho de 2021.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.