Dia 7 de Novembro de 2010 e decorria o desafio da 10.ª jornada, entre FC Porto e Benfica, no Estádio do Dragão. No início da segunda parte do jogo, onde o Benfica acabaria goleado por 5-0, um frango foi atirado para junto da baliza de Roberto, guarda-redes do Benfica, e depois de alguns segundos de passeio sobre o relvado a ave foi retirada do local pelos seguranças.

Muita coisa se escreveu e especulou mas o site “BestOfFutebol”, contactado e confirmado pelo Sapo Desporto, descobriu a verdadeira história de como o frango conseguiu passar pelas portas de segurança sem ser notado.

«Bom, bom, era colocarmos uma galinha dentro do estádio, para correr para perto da baliza do Roberto», pensaram alguns elementos dos Dragões.

Muitas foram as ideias mas chegaram à conclusão que o melhor método seria “guardar” o frango dentro de um bombo.

«Porque não a colocamos dentro de um bombo? Assim ela poderá passar incógnita?», pensaram.

Depois de elaborada a manobra, esses adeptos do FC Porto depararam-se com outro problema: O animal emitia muitos sons, o que atrapalhava a missão. Solução: Bater com força nesse mesmo bombo para não se fazer ouvir.

Já dentro do Estádio do Dragão, o frango, compreensivelmente atordoado, foi libertado e daí ter-se mostrado tão resistente e zonzo na hora de ser capturado.

E, é claro, não se pode esquecer a tortura sofrida pelo animal durante o tempo que esteve a ser "bombardeado" dentro do bombo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.