José Couceiro assumiu, esta sexta-feira, que pensava que o seu futuro iria passar por Alvalade, porém nos últimos dois dias tudo mudou.

«Nos últimos quinze dias houve algumas soluções. Todos estávamos convencidos que a solução não iria ser esta e que eu ia continuar no Sporting, Nos últimos dois dias as coisas alteraram-se. Não vale a pena agora lamentar», revelou Couceiro, à margem da I edição dos Jogos de Portugal, que decorrem em Coimbra.

Recorde-se que o presidente dos leões, Godinho Lopes, anunciou ontem, em entrevista à RTP, que o antigo director ia deixar o clube.

Sobre o seu futuro, José Couceiro, contratado por José Eduardo Bettencourt em Janeiro e que acabaria a época como treinador, diz que teve propostas para voltar a treinar, mas acabou por perder algumas oportunidades pelo tempo que demorou o processo da sua possível continuidade em Alvalade.

«Há timings. Quando nós não damos resposta, os clubes não esperam por nós eternamente. Não há insubstituíveis», revelou o técnico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.