Com o empate do Benfica na véspera, o SC Braga depende apenas de si para marcar presença na 'final-four', mas para isso terá primeiro de passar um obstáculo chamado Vitória de Setúbal, líder do grupo, esta sexta-feira.

Abel Ferreira considera que esta é uma "oportunidade" que os minhotos terão de "agarrar com as duas mãos".

"Abriu-se uma oportunidade para as duas equipas. Vamos defrontar o líder do grupo, sabem que em caso de vitória ficam apurados. Temos de fazer o nosso trabalho independentemente do que acontecesse no jogo de ontem. Sabíamos que tínhamos de vencer os dois jogos, esse quadro mantém-se", disse o técnico em conferência de imprensa.

Abel Ferreira não esconde que a presença na 'final four', que terá lugar precisamente em Braga, é um dos objetivos traçados no início da temporada, mas recusa fazer promessas.

"Desde o início da época que nós definimos objetivos, mas não prometemos nada. Comprometemo-nos a lutar até ao fim pelos objetivos, mas há outros fatores aleatórios que não controlamos. Sabemos do aliciante que é fazer a final-four no nosso estádio, mas o mais importante é sempre o próximo jogo", acrescentou.

O encontro entre o SC Braga e o V. Setúbal está agendado para as 20h30 desta sexta-feira no Estádio do Bonfim.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.