Abel Ferreira considera que a sua equipa foi superior no duelo frente ao V. Guimarães.

Análise

"Vou ser muito sincero a haver um vencedor teria que ser o Braga. Temos que respeitar o adversário, que entrou bem no jogo e forte. A primeira oportunidade é do [Ricardo] Horta, depois o adversário respondeu bem. Não houve nenhum desequilíbrio da nossa equipa e depois foi repartido. Nos últimos 15 ou 20 minutos, estivemos em cima da baliza do nosso adversário. O Horta cruza e o Dyego faz golo [que foi anulado]. Fomos na minha opinião superiores o nosso adversário deu boa replica, ganha quem faz mais golos, mas, por aquilo que foram os 90 minutos, penso que deixámos aqui dois pontos".

Incidentes

"Só tenho pena de os nossos adeptos só terem podido entrar à meia hora de jogo. Não promovemos esta modalidade como deveríamos. Fomos apedrejados a chegar ao estádio e não me revejo neste tipo de atitudes. Sinto um pouco de vergonha quando isto acontece. Somos seres humanos e depois queremos vir para o futebol em segurança. Ponham a mão na consciência. O nosso futebol é tão valorizado lá fora, é uma fonte de receita tão grande para o nosso futebol e não temos comportamentos condizentes. Temos que dar outra imagem se queremos valorizar este grande espetáculo".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.