Algumas adeptas do FC Porto terão sido alvos de revistas abusivas por parte das stewards na entrada para o clássico do domingo passado, na Luz. Várias adeptas deram o seu testemunho ao Porto Canal e explicaram que apresentaram queixa na Esquadra da PSP de Carnide.

"Ao fazerem-nos a revista, as stewards, que foram identificadas e denunciadas na PSP da Esquadra de Carnide, elas tinham todo o intuito de nos humilhar, de nos magoar e não propriamente de fazer a revista. Elas foram um bocadinho agressivas na nossa parte superior, mas pronto, aí ainda foi aceitável. Entretanto, mandaram-nos afastar as pernas e são completamente agressivas. Elas nunca tiveram o intuito de revista porque da forma que o fizeram era com a intenção de magoar", contou Patrícia Barbosa ao Porto Canal.

Paula Marques, outra adepta do FC Porto, também narrou o que lhe aconteceu na revista antes de entrar no estádio da Luz, explicando que respondeu ao stewards que lhe fez a revisão.

"Ela magoou-me bastante. Numa parta estava a levantar-me a camisola e fiquei com o soutien ligeiramente à mostra e disse: 'Peço desculpa, mas estou com o soutien ligeiramente à mostra', e ela respondeu-me: 'Para a próxima não o traga'. Revistaram-me o porta-moedas, têm todo o direito, meteram-me a mão dentro das calças, deixaram-me depois a roupa interior toda para cima. Magoaram-me", lamentou.

O tema foi muito discutido no Porto Canal, onde Francisco J. Marques, diretor de comunicação dos 'dragões', criticou o "comportamento miserável" por parte dos stewards, explicando que a revista abusiva também aconteceu com alguns adeptos.

"O que foi novidade este ano foi o facto de a revista ter incidido sobre a área genital, quer de adeptos quer de adeptas. Temos variadíssimos relatos disso. Se a revista pretendesse procurar pirotecnia, o normal seria pedir às pessoas que se descalçassem. Não pediram a ninguém. A revista não foi minuciosa, foi baseada em agressão sexual. Isto é um comportamento miserável, de gente para quem vale tudo. As pessoas do Benfica responsáveis por isto, que não sei quem são... Isto não representa o Benfica, nem as pessoas que gostam de futebol. Felizmente houve duas adeptas que tiveram a paciência e o discernimento de apresentar queixa após o jogo. E felizmente os adeptos do FC Porto souberam comportar-se. Pois aquilo foi para procurar que alguém perdesse a cabeça, que desencadeasse alguma coisa e a culpa seria 'daqueles trogloditas do norte'", acusou o dirigente.

Também Fernando Saúl, Oficial de Ligação aos Adeptos do FC Porto, pronunciou-se sobre o tema, explicando que o clube avançou com uma queixa para as instâncias desportivas contra as revistas consideradas abusivas.

"Segundo os depoimentos de algumas senhoras, foi uma coisa nunca vista, atentando até a uma privacidade física a que todos temos direito", escreveu Fernando Saúl na rede social Facebook.

No passado domingo o Benfica derrotou o FC Porto na Luz por 1-0, e assumiu a liderança da Liga, a par do SC Braga. Os 'encarnados' não venciam o rival nortenho há quatro anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.