Cerca de meia centena de adeptos do Paços de Ferreira concentraram-se hoje na entrada do estádio da Mata Real, desagradados com a derrota com o Gil Vicente (2-1) e, sobretudo, com a atitude do futebolista Fábio Faria, expulso.

O coro de protestos dos adeptos pacenses, na sua maioria afetos à claque do clube, obrigou ao reforço policial e à intervenção do diretor desportivo do clube, Carlos Carneiro, a quem foram pedidas medidas para alterar a situação.

A expulsão de Fábio Faria, por agressão a Hugo Vieira, aos 59 minutos, deixou a equipa em desvantagem numérica, o que aconteceu pela sétima vez em seis encontros esta época para a Liga.

Também o técnico Luís Miguel foi alvo da contestação dos adeptos locais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.