O empate com o Portimonense (3-3) na última segunda-feira enfureceu os adeptos do Vitória de Guimarães. De acordo com o jornal Record, alguns apoiantes do clube esperaram pela saída dos jogadores para lhes demonstrar a sua insatisfação.

Guillermo Celis deixou o Estádio D. Afonso Henriques cerca de uma hora depois do jogo com os algarvios, optando por uma saída alternativa. Mas nem assim se livrou de ver um petardo arremessado pelos adeptos rebentar junto ao automóvel.

Também Rafael Martins passou por momentos de pânico na segunda-feira. O carro do avançado foi rodeado por dezenas de adeptos, que lhe atiraram uma pedra contra a viatura, e só mesmo a intervenção da GNR terá evitado males maiores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.