As saídas do defesa David Luiz (Benfica) e do avançado Liedson (Sporting) foram os pontos marcantes da reabertura do mercado de transferências na Liga portuguesa de futebol, em que o FC Porto foi o único que não investiu.

Depois de as negociações terem sido dadas como encerradas, o Benfica recebeu uma nova proposta do Chelsea na segunda-feira, a seis horas do fecho do mercado, cedendo o internacional brasileiro de 23 anos ao clube inglês, a troco de 25 milhões de euros e dos direitos do sérvio Nemanja Matic, que só ingressa na Luz na próxima temporada.

Após quatro épocas e meia na Luz, David Luiz protagonizou a transferência mais cara deste período em Portugal e a única saída entre os “encarnados”, que foram ao mercado precaver o futuro, com as chegadas de Jardel (ex-Olhanense), Carole (ex-Nantes) e José Luís Fernandez (ex-Racing).

Liedson deixa o Sporting para regressar ao Corinthians, depois de sete temporadas e meia como “leão”, tendo conquistado duas taças de Portugal e duas supertaças, além de ser o jogador com mais golos marcados no campeonato português no século XXI.

A saída do internacional português de origem brasileira rendeu ao Sporting 2,1 milhões de euros.

Em sentido oposto ao de Liedson está o extremo brasileiro Cristiano, que ingressa no Sporting, regressando a Portugal, onde se destacou ao serviço do Paços de Ferreira, depois de uma passagem pelo PAOK.

O FC Porto, líder da Liga portuguesa, foi o clube com menos intervenção no mercado, limitando-se a emprestar dois produtos da sua formação, Ukra (Sporting de Braga) e Castro (Sporting de Gijon).

A fazer uma temporada abaixo da última, o Sporting de Braga foi, ao contrário, das equipas mais activas no mercado de inverno, “emagrecendo” o plantel, com oito saídas, das quais se destacam as de Felipe, Moisés, Luís Aguiar, Madrid e Matheus.

A Braga chegaram apenas quatro jogadores: Kaká (ex-Hertha), Vinícius (ex-Olhanense), Marco Ramos (ex-Lens) e Ukra (ex-FC Porto).

A nível de entradas, o clube que mais se movimentou foi a União de Leiria, com sete caras novas, seguida do Olhanense e do Vitória de Guimarães, que apresentam seis reforços.

Além do Sporting, também o Paços de Ferreira só adquiriu um jogador.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.