Foi esta noite aprovada, em Assembleia Geral, a composição do novo Conselho de Administração da SAD do Benfica e o desfecho foi o esperado, com o administrador indicado pelo acionista José António dos Santos, mais conhecido como 'rei dos frangos' a ser eleito. O referido administrador é Pires de Andrade, que chegou a presidir à Mesa da AG das águias nos tempos da presidência de Luís Filipe Vieira.

Pires de Andrade foi o único a votar favoravelmente a própria entrada no Conselho de Administração, tendo todos os outros elementos votado contra, o que, contudo, não vetada a entrada do administrador, já que o 'Rei dos Frangos' José António dos Santos tem direito a nomear um administrador para o Conselho de Administração por deter mais de 10 por cento de ações.

Rui Costa, presidente do clube, vai assim liderar um Conselho de Administração de nove elementos. O antigo jogador, eleito para a presidência do clube em 09 de outubro de 2021, após a renúncia de Luís Filipe Vieira da presidência SAD e do Benfica, contará com apenas um membro na administração da anterior equipa, o gestor Domingos Soares de Oliveira.

A administração da SAD ‘encarnada’ passa então de cinco para nove elementos, mantendo-se Rui Costa e Domingos Soares de Oliveira, agora com Luís Paulo da Silva Mendes, Manuel Brito, Maria Gabriela da Câmara Pestana, Maria do Rosário Pinto Correia, Maria Rita Sampaio Nunes, Lourenço Pereira Coelho e Rui Vieira do Passo.

A inclusão dos três últimos membros da administração foi hoje adicionada à proposta inicial apresentada pelo Benfica e comunicada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) durante a tarde.

Em contrapartida, deixaram este órgão o diretor financeiro Miguel Moreira, visado na investigação que envolve Luís Filipe Vieira, acusado de vários crimes e prejuízo à SAD benfiquista, José Eduardo Moniz, que não foi candidato às eleições no clube, e Sílvio Cervan, que entrara como vogal apenas após a renúncia do ex-presidente.

Já Luís Paulo Mendes e Manuel Brito, filho do antigo presidente Jorge de Brito, acumulam a posição na SAD com os cargos na vice-presidência do clube, bem como Domingos Soares de Oliveira, enquanto Maria Gabriela Pestana e Maria do Rosário Pinto Correia, advogada e economista, respetivamente, vêm de fora.

A AG ‘promoveu’ também mudanças na Mesa da Assembleia-Geral, com a entrada do líder parlamentar centrista Telmo Correia, por troca com a saída do histórico dirigente benfiquista Jorge Arrais, de 89 anos.

No Conselho Fiscal, mantém-se a estrutura de quatro elementos, com as trocas de Gualter das Neves Godinho e José da Silva Appleton, por Carlos Barreto da Rocha e Maria Ema da Palma, que passam a vogais do órgão novamente presidido por João Albino Cordeiro Augusto.

Órgãos sociais da Benfica SAD para 2021-2025

- Mesa da Assembleia-Geral:

Presidente: Nuno Magalhães

Vice-Presidente: Pedro Miguel Santiago Neves Faria

Secretário: Telmo Correia

- Conselho de Administração:

Presidente: Rui Costa

Vogal: Domingos Soares de Oliveira

Vogal: Luís Paulo da Silva Mendes

Vogal: Manuel Ricardo Gorjão Henriques de Brito

Vogal: Maria Gabriela Rodrigues Martins da Câmara Pestana

Vogal: Maria do Rosário Amado Pinto Correia

Vogal: Maria Rita Sampaio Nunes

Vogal: Lourenço Pereira Coelho

Vogal: Rui Vieira do Passo.

- Conselho Fiscal:

Presidente: João Albino Cordeiro Augusto

Vogal: Carlos Alberto Barreto da Rocha

Vogal: Maria Ema de Assunção Palma

Suplente: Rui Manuel Frazão Henriques da Cunha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.