Ainda continua por acertar o pagamento de Pedrinho ao Corinthians por parte do Benfica. Porém, esta quarta-feira, o empresário do jogador, Will Dantas, explicou o porquê de as 'águias' não terem ainda pago a primeira parcela referente à aquisição do atleta, atribuindo a culpa a questões burocráticas nos bancos.

"Falta a assinatura do presidente do Benfica, porque o banco exigiu um monte de coisas para liberar esse crédito. A documentação está na mesa do presidente. Garantiram-me que ele não tivesse assinado ontem, assinaria hoje para libertar o dinheiro", assegurou Will em FOX Sports Rádio, do Brasil.

"Não vou dar a palavra, porque não sou eu que assino e não sou o banco. Mas o que sei é que o presidente ficou de assinar entre ontem e hoje a liberação. Se ele já tiver assinado, acredito que até sexta o Corinthians receba o dinheiro e esta novela acabe", acrescentou.

Tudo isto surge numa altura em que a formação paulista vive um momento delicado a nível financeiro, falando-se em dois meses de salários em atraso no clube. Além da questão relativa a Pedrinho, foram ainda dados novos esclarecimentos sobre saída de Yony González, contratado por empréstimo em fevereiro de 2020 ao Benfica, partindo seis meses depois, após disputar apenas cinco partidas pelo clube brasileiro, que o devolveu às 'águias'.

"A primeira parcela venceria em julho ou agosto, mas o Corinthians resolveu devolver o jogador. Entretanto fizeram um novo acordo, em que o Benfica pagaria a parcela no ano que vem. O Corinthians pretende antecipar esse dinheiro, mas para que isso pudesse acontecer o banco exigiu várias coisas. Mas creio que até sexta-feira o Corinthians consiga receber o dinheiro do Pedrinho", voltou a frisar o empresário, antes de explicar melhor os contornos dos negócios envolvendo quer o brasileiro, quer Yony González.

"Tentaram colocar o Yony no negócio, mas eu disse que não aceitava. A venda do Pedrinho era por 20 milhões de euros, sem jogador. A venda do Pedrinho não teve nada a ver com o Yony. Mas o Corinthians vendeu o Pedrinho para o Benfica e o Benfica vendeu o Yony pro Corinthians, que não pagou. Daí veio a confusão. Por isso, o Corinthians abateu 2 milhões no valor a receber", terminou Will Dantas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.