Nuno Espírito Santo, treinador do Rio Ave, ainda acredita que pode conseguir uma qualificação para as provas europeias da próxima temporada, mas diz que é imperioso vencer sábado o Gil Vicente, 29.ª jornada da I Liga de futebol.

«Após a jornada passada acreditamos que ainda é possível e passa essencialmente pela vitória no jogo frente ao Gil Vicente para irmos para a última jornada com a perspetiva de atingir ainda a Liga Europa», disse o técnico dos vila-condenses.

No entanto, Nuno Espírito Santo confessou que a tarefa não será fácil, dada a necessidade do adversário também pontuar para fugir aos lugares de despromoção.

«O Gil Vicente tem boa equipa, é bem orientada, com princípios de jogo bem definidos e bons executantes. Além disso, devido à situação atual, vêm necessitados de pontos. Estamos perante um campeonato muito competitivo».

Apesar de ter apenas um defesa central de raiz disponível para esta partida, o peruano Alberto Rodriguez, o treinador da formação da foz do Ave considerou que o grupo tem soluções para contornar essa dificuldade.

«Para central de raiz temos o Rodriguez como opção e o André Vilas Boas já fez a posição de central várias vezes e bem, o que faz com que tenha a nossa confiança absoluta», disse Nuno, acrescentando: «O adversário foi bem analisado e por isso sabemos bem como contrariar os pontos fortes do Gil Vicente».

O Rio Ave, oitavo classificado do campeonato, com 36 pontos, recebe este sábado, o Gil Vicente, 13.º com 25, numa partida agendada para as 18h15 e que terá arbitragem de Vasco Santos, do Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.