O Sporting pretende pagar Feddal nos próximos três anos, aparcelando assim os três milhões de euros que são exigidos pelo Bétis para libertar o central.

Ora, de acordo com o jornal O Jogo, a falta de confiança na liquidez do Sporting está a atrasar a conclusão do negócio, num pagamento faseado em três prestações: Janeiro, julho de 2021 e janeiro de 2022. O clube andaluz quer ainda colocar uma cláusula de indemnização, caso os verdes e brancos não cumpram.

Ora, o Sporting terá recusado essa primeira abordagem. Mas o clube andaluz propôs outro acordo, nomeadamente, descontar parte do pagamento de William Carvalho, algo que os leões não aceitaram porque necessitam de liquidez. O Sporting ainda poderá receber 25% de uma futura transferência, percentagem que o clube andaluz também queria diminuir, mas que os verdes e brancos também recusaram.

Para já ainda não há acordo, mas Feddal continua ser uma pretensão e é visto como uma mais valia como central do lado esquerdo no xadrez de Rúben Amorim.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.