Jesus Corona tem sido um dos jogadores em destaque na pré-temporada do FC Porto e é visto com um dos ativos mais importantes para Nuno Espírito Santo.

O aumento de rendimento do internacional mexicano não é uma surpresa para Alfred Schreuder. O treinador foi o primeiro a orientar Corona na aventura europeia e garante, em declarações ao jornal ‘O Jogo’, que a forma do jogador ainda vai melhorar.

“ Ele precisa de um tempo para se adaptar , apre conhecer a equipa e o campeonato, mas melhora sempre na segunda temporada. Estou convencido de que poderá ser um jogador muito importante para o FC Porto. O nível em Portugal é superior à Holanda, os adversário já sabem o que ele é capaz e isso obriga-o a dar o máximo”.


O técnico que introduziu Jesus Corona no futebol europeu deixou uma dica a Nuno Espírito Santo. Seja em que posição for, o importante é deixar que o internacional mexicano tenha liberdade para se movimentar à vontade.

“Seja a 9, 10, na esquerda, na direita, o mais importante é que o Corona tenha liberdade. Se o treinador lhe transmitir confiança e não o prender em demasia a uma posição, verá que o Jesus o irá compensar”.

Jesus Corona chegou ao Estádio do Dragão na temporada passada juntamente com Miguel Layún. Os dois mexicanos ganharam estatuto de titulares embora o extremo tenha, no final da temporada, terminado em baixo de forma. A troca de José Peseiro por Nuno Espírito Santo trouxe um novo alento ao internacional mexicano que se tem mostrado como um dos jogadores mais promissores da equipa dos ‘dragões’.