Rúben Amorim, treinador do Sporting, fez esta tarde a antevisão ao jogo de amanhã, frente ao Vitória de Guimarães.

O técnico desvalorizou o momento menos positivo vivido pelos vimaranenses, abordou a preocupação à volta dos casos de COVID-19 no plantel e felicitou Nuno Mendes, Palhinha e Porro pelas chamadas às respetivas seleções nacionais.

Momento menos bom do Vitória

"A equipa do Vitória de Guimarães é uma equipa muito boa, não passa por um bom momento, mas não hã melhor jogos que estes, com os grandes, porque a responsabilidade não é a mesma. Sabendo que o Vitória é um clube muito especial, com uma pressão muito forte da sua massa associativa, sabe que jogando contra o Sporting, em Alvalade, tem sempre mais liberdade. O nosso foco foi na qualidade que o Guimarães no seu plantel, tem baixas na defesa, mas na frente tem jogadores de qualidade do melhor que há em Portugal. (...) Preparámo-nos para isso e o foco esta semana foi continuar a melhorar a nossa equipa, temos muito a melhorar, sabemos que as equipas, como em Tondela, se fecham bem, há bons treinadores, boas equipas que nos criam muitas dificuldades. O foco foi a qualidade do Guimarães e melhorar a nossa equipa"

COVID-19 preocupa

"É sempre mau ter casos de COVID, fizemos e fazemos tudo desde o primeiro momento para evitar esses casos, há coisas que não controlamos. O que podemos fazer é quando acontece um, sermos ainda mais rigorosos no controlo dos jogadores. Não há muito mais a fazer, é esperar e ir testando, testando... Temos duas semanas, o treinador até fica a pensar se não é melhor apanharem ou não, isto numa forma de aligeirar a questão. Ao que temos de olhar é testar, proteger os jogadores e usar os que estão prontos a ir a jogo"

Paulinho

"Sim, é mais uma opção, é uma boa notícia para a nossa equipa, temos mais opções, podemos jogar de formas diferentes. O Paulinho dá-nos outras coisas que nós não temos tanto no plantel, mais jogo aéreo, mais um home de área, é mais um para ajudar. A equipa do Sporting é mais forte assim"

Exibições menos conseguidas no pós-visita ao Dragão

"A quebra de intensidade foi mais no jogo com o Santa Clara, não tanto com o Tondela. Foram jogos em que não tivemos assim tantas oportunidades, tivemos as nossas, mas os adversários também tiveram menos. Os adversários também se preparam bem, nós temos de evoluir como equipa e aí a culpa não é dos jogadores é do treinador. Temos mais tempo juntos, eles já adquiriam tudo aquilo que demos numa primeira fase e agora vamos tentando introduzir outras nuances. (...) O Santa Clara esteve muito bem aqui contra nós, mas vencemos. No Tondela tivemos 70% de posse, mas é muito difícil entrar. O que temos de fazer é trabalhar e saber que o futebol são momentos. São fases da época, o importante é ganhar"

Teme que a COVID-19 possa impedir o título do Sporting

"Nós não tememos nada, sabíamos que era uma possibilidade, tivemos um surto muito grande no início, já ninguém está protegido desse surto. Tivemos um surto quanto fomos à Madeira e agora tivemos dois casos, não sei se se pode falar em surto. Vamos continuar a proteger os jogadores, temos muito jovens também e isto dá oportunidade de os colocar na convocatória e treina-los. Não há nada que temer, sabíamos que fazia parte deste campeonato, é ter um pouco de sorte e fazer o máximo possível"

"Nós não controlamos o que vai acontecer, em vez de estarmos a sofrer com quem pode ser infetado, é testar, fazer o máximo. Estamos de consciência tranquila, é preparar os miúdos, prepara-los para qualquer eventualidade sabendo que isto é uma eventualidade e há que levar isto com a máxima naturalidade e seguir em frente"

Jovens da equipa B ou Sub-23 a jogo

"Vamos chamar, fazemos um plantel curto na altura para nos obrigar a escolher estes jovens para estes jogos. É uma boa oportunidade e eles estarão preparados"

Convocatória de Nuno Mendes e Palhinha

"Mérito deles, mérito dos colegas. Trabalharam muito, são muito bons jogadores, evoluíram muito. O Nuno Mendes não é preciso falar da evolução que ele teve desde os sub-19. O Palhinha é justíssima a sua chamada, já tínhamos falado nisso e o mister Fernando Santos disse o mesmo: o Palhinha tem umas caraterísticas diferentes dos jogadores daquela posição da Seleção, é mais uma opção e uma seleção fica mais forte quando tem várias opções para os mesmos lugares"

Dupla no ataque com Tiago Tomás e Paulinho

"Vamos ver, não vou estar a entregar tudo aqui. Já tivemos diferenças em certos momentos do jogo, jogámos com falso nove, com dois jogadores na frente, com um médio defensivo mais declarado e outro a dividir o jogo mais na frente... Tentamos ir variando para melhorar a fluidez de jogo e o tempo dá-nos isso"

Daniel Bragança

"O Dani tem crescido muito também, mesmo a nível físico. Lembrar que é a primeira época de futebol profissional, sei que as pessoas se esquecem, o Dani tem 21 ano, mas é a primeira vez que está na primeira divisão. Tem tido um crescimento muito bom, vai ter mais oportunidades, já merecia ter mais oportunidades, mas a culpa não é minha, é do João Mário, do Palhinha, do Matheus"

Chamada de Porro à Seleção Espanhola

"É muito bom. Ele quando chegou, tinha muita falta de confiança, mais uma vez mérito ao scouting, porque eu não o conhecia. A forma como o Viana fez o contrato de dois anos, que hoje vemos que foi uma jogada muito inteligente. Juntou-se tudo ali, nós demos confiança, o sistema ajuda o Porro, está muito melhor defensivamente, tem muito mais intensidade. Ofensivamente nós já sabíamos que era um jogador feito para estas caraterísticas. Agora o Porro tem de trabalhar muito, vai para o mundo completamente diferente da Seleção A Espanhola, tem de aproveitar o momento, mas amanhã ainda há jogo. O foco dele deve ser no jogo, já lho disse esta semana, mas é um miúdo espetacular, merece toda a sorte do mundo, mas tem de manter isto, não durante estes meses, mas durante anos. Isso é muito difícil, mas acho que vai estar preparado para isso"

Decisão do TAD sobre João Palhinha

"Sempre estive aliviado. A questão era de saber se ele estava pronto para ir a jogo. Nesta semana até foi bom, porque tivemos o caso do Matheus, e aí ficaríamos sem os dois jogadores. É bom para o Palhinha, é bom para o Sporting, ele pode ir a jogo, é muito importante para nós e é isso que conta"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.