A presença de André Horta na quadra a festejar a conquista da Supertaça de futsal do Benfica, conquistado frente ao Sporting, causou alguma indignação entre os adeptos sportinguistas, que consideram que o médio devia ser castigado, tal como aconteceu com Bruno de Carvalho, presidente dos ´leões`.

Recorde-se que o líder leonino foi punido com 15 dias de suspensão e multa de 51 euros pelo Conselho de Disciplina da FPF, por motivos idênticos, na partida que garantiu o título de campeão aos ´leões` na modalidade, na última época, no pavilhão da Luz.

Ora a penalização a Bruno de Carvalho não se deveu ao facto de ter estado no campo a festejar com os jogadores. De acordo com o jornal Record, o presidente do Sporting foi castigado por ter estado no balneário da equipa leonina no intervalo da partida, o que não devia ter acontecido já que não estava devidamente credenciado para tal. Se apenas tivesse festejado com os jogadores no campo, não haveria nenhum castigo.

Posto isto, não é de esperar qualquer castigo a André Horta. A presença do jovem médio do Benfica no campo foi permitida e é sempre permitida, por exemplo, quando se tratam de familiares dos jogadores. André Horta não ocupou nenhuma zona interdita, logo o Conselho de Disciplina nem deverá analisar o caso.

André Horta é presença assídua nos jogos das modalidades do Benfica, algo que já acontecia antes de se tornar jogador dos ´encarnados`. O jovem médio, benfiquista convicto, vive o clube com muita intensidade.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.