O médio português do Sporting Gijón, André Sousa, está a adaptar-se ao escalão secundário do futebol espanhol e em entrevista ao jornal O JOGO afirmou que não está arrependido de ter trocado a primeira divisão de Portugal pela segunda liga espanhola.

Emprestado pelo Belenenses ao Sporting Gijón, o médio português falou ao referido diário português sobre o apuramento para os oitavos de final da Taça do Rei e as diferenças que encontrou no futebol espanhol.

"Não voltava atrás. A II Liga espanhola é muito boa, ao nível da I Liga de Portugal. Nos jogos em casa temos uma média de assistência de 20 mil espectadores ou seja, o estádio quase sempre cheio. Temos uma academia com oito campos e a cidade é muito acolhedora", começou por dizer André Sousa.

"A nossa II Liga [espanhola] tem muitas equipas que são mais de primeira do que de segunda, como é o nosso caso. Mas há ainda o Las Palmas, o Depor, o Osasuna ou o Granada, por exemplo. É uma liga muito competitiva e com muita qualidade. Só para se ter uma ideia, aqui há jogadores do Deportivo da Corunha ou do Las Palmas que ganham ordenados ao nível de FC Porto, Benfica ou Sporting", acrescentou André Sousa.

"Aqui ganho mais do que em Portugal, senão nem saía do meu país. Financeiramente foi a melhor escolha para mim e depois tive a sorte de encontrar uma cidade acolhedora e simpática, onde toda a gente me conhece e gosta de mim", sentenciou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.