"Não tenho mais nada a comentar do que saiu no comunicado. Olhamos com gozo e ao mesmo tempo com tristeza. Sei de onde é que vem tudo isto e as pessoas que alimentam esta palhaçada. Uns vêm cá todas as semanas, outros vêm cá para a alimentar. Felizmente o grupo passa ao lado de tudo isto", disse André Villas-Boas.

O técnico dos "estudantes" espera vencer a União de Leiria, no sábado, em jogo da 25.ª jornada da Liga portuguesa, reconhecendo na equipa do Lis "uma identidade muito forte, um colectivo muito organizado e um estilo inconfundível, directo e rápido nas transições".

"Estamos atentos a esses detalhes e temos trabalhado as falhas que nos fizeram perder nos últimos cinco minutos, como aconteceu com FC Porto e Vitória de Guimarães. Melhorámos muito esses aspectos esta semana", justificou.

Apesar de estar a atravessar um ciclo de quatro jogos com três derrotas e um empate, Villas-Boas deixou uma mensagem de esperança a todos os sócios e simpatizantes.

"Os resultados não têm correspondido às expectativas, obviamente. Temos de fazer uma análise do que foram esses jogos. No fim-de-semana passado houve resultados que vieram dar outro ânimo à luta pela manutenção, mas nós estamos conscientes do que temos a fazer nos jogos que faltam", frisou.

A Académica, 12.º classificado com 24 pontos, e a União de Leiria, sexto com 33, defrontam-se no sábado, pelas 18:00, no Estádio Cidade de Coimbra, numa partida que será apitada por Hugo Miguel, de Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.