O Benfica, líder da classificação da I Liga em igualdade pontual com o FC Porto, recebe esta terça-feira no Estádio da Luz, a partir das 19h15, o Santa Clara, atual nono classificado. Depois de terem, na última jornada, em Vila do Conde, somado a sua primeira vitória em seis jogos, as 'águias' vão procurar dar seguimento a esse triunfo e colocar alguma pressão sobre o principal rival na luta pelo título, que entra em campo pouco depois.

Para o conseguirem, contudo, as 'águias' vão ter de inverter um ciclo de quatro jogos seguidos sem ganhar em casa. A última vitória na qualidade de anfitriãs data de 4 de fevereiro.

Pela frente, o Benfica vai ter um Santa Clara que ainda não perdeu desde o retomar da I Liga e que, com 35 pontos na tabela, tem a manutenção praticamente garantida, entrando assim em campo no Estádio da Luz com pouca ou nenhuma pressão. O conjunto açoriano, contudo, não costuma ser muito feliz quando defronta o Benfica.

Histórico de confrontos

Benfica e Santa Clara mediram forças, ao todo, dez vezes no conjunto de todas as competições. E o histórico é, como seria de esperar, amplamente favorável à formação lisboeta, que ganhou nove desses embates. O único encontro entre Benfica e Santa Clara que não terminou com uma derrota dos açorianos data de maio de 2002, quando em Ponta Delgada as duas equipas não foram além de um empate sem golos. O Benfica era, então, orientado por Jesualdo Ferreira e terminou a partida reduzido a dez elementos, fruto da expulsão de Zahovic perto do fim.

A jogar no Estádio da Luz, o registo é, portanto, 100 por cento vitorioso para o Benfica: cinco vitórias em cinco jogos (quatro a contar para a I Liga e um a contar para a Taça da Liga). Na temporada passada o Santa Clara visitou a Luz na última jornada, no encontro de consagração do Benfica como campeão, e saiu derrotado por 4-1: Haris Seferovic bisou, e João Félix e Rafa Silva fizeram os outros golos. César Martins marcou o tento de honra dos açorianos, já com o resultado em 4-0.

Ao todo, o Benfica soma, então, 9V 1E 0D nos jogos contra o Santa Clara, tendo marcado 19 golos e sofrido apenas quatro.

Na partida da primeira volta, nos Açores, a vitória também sorriu às 'águias', que triunfaram por 2-1, com golos de Carlos Vinícius e Pizzi a darem a volta ao marcador depois de Carlos Júnior ter aberto o ativo para os da casa.

Momento de forma

O Benfica chega a esta receção ao Santa Clara vindo de uma série de apenas um triunfo nos últimos seis jogos, com o triunfo somado em Vila do Conde na passada semana a colocar ponto final a uma sequência de cinco empates seguidos, algo inédito na história do clube. A jogar em casa, as 'águias' não ganham há quatro empates no conjunto de todas as competições (3E, 1D).

Tal como o Benfica, o Santa Clara também ainda não perdeu deste o retomar da competição depois do interregno ditado pela COVID-19 e, curiosamente, tal como o seu adversário desta terça-feira, somou também uma vitória (na receção ao Sp.Braga) e dois empates (fora, frente ao V.Setúbal e em casa, contra o Portimonense). Recuando um pouco mais no tempo, os açorianos estão há quatro jogos sem perder e, nos últimos dez jogos, só perderam dois, ganhando cinco. A jogar fora, o Santa Clara só perdeu um dos últimos cinco jogos e marcou sempre pelo menos um golo nessas suas últimas cinco deslocações.

O que dizem os treinadores

Na antevisão do encontro, Bruno Lage, treinador do Benfica, disse não esperar facilidadesJoão Henriques, garantiu que a sua equipa se vai apresentar de forma competitiva e previu que a "incerteza" quanto ao vencedor se manter´até ao fim do encontro, garantindo que o sublinhando que o Santa Clara vai colocar problemas, mas frisando ao mesmo tempo que dará às 'águias' outras oportunidades para explorar.

"A estratégia depende sempre de cada jogo. Amanhã vamos defrontar um adversário diferente, que tem feito um percurso muito bom, com um treinador que poderá fazer história conseguindo a manutenção. Vai-nos colocar outro tipo de problemas e vai dar-nos outras oportunidades para explorar", comentou o técnico, na antevisão do jogo.

Bruno Lage espera ver algumas das coisas boas apresentadas em Vila do Conde, como não permitir a saída de bola do adversário e recuperar cedo a bola.

"Em função daquilo que tinha sido a estratégia para o último jogo e tendo em atenção a forma como o Rio Ave joga, foi nosso objetivo não dar oportunidade para jogar. Na primeira meia-hora, até ao momento do golo, fizemos isso muito bem. Não permitimos que o adversário saísse como gosta, recuperámos muitas bolas no meio-campo ofensivo", analisou Bruno Lage, que deixou também elogios Nuno Tavares, defendeu Dyego Sousa e comentou 'Champions' em Lisboa.

Quanto a João Henriques, treinador do Santa Clara, garantiu que a sua equipa se vai apresentar de forma competitiva e previu que a "incerteza" quanto ao vencedor se manter´até ao fim do encontro.

"[Temos] toda a confiança no nosso trabalho. Vamos fazê-lo bem, ser competitivos, vamos disputar o jogo com toda a certeza e o resultado final vai ser uma incerteza", declarou hoje o técnico dos açorianos, que abordou também o facto de o Benfica não ganhar em casa há quatro jogos.

"São fases que estas equipas têm. O que não quer dizer que tenha terminado com uma vitória diante do Rio Ave, nem que, anteriormente, era uma equipa fraca. Nunca foram, sempre foram uma equipa muito forte", destacou. Não vamos tirar partido de absolutamente nada. Aquilo que vamos fazer é o nosso jogo, com a nossa forma de encarar cada um dos adversários, como temos vindo a fazer até aqui, e com todo o respeito pelo adversário, mas sem receio algum de defrontar o Benfica", apontou.

Equipas prováveis

No Benfica, André Almeida regressa depois de cumprir castigo, mas Jardel e Grimaldo continuam de fora por lesão. Do lado do Santa Clara, o médio ofensivo Lincoln foi expulso contra o Portimonense e está castigado.

Benfica: Vlachodimos; André Almeida, Ferro, Rúben Dias, Nuno Tavares; Gabriel, Weigl, Taarabt, Pizzi, Rafa; Seferovic.

Santa Clara: Marco; Zaidu, Fábio Cardoso, João Afonso, Rafael Ramos, Mamadu Candé; Rashid, Anderson, Costinha; Francisco Ramos, Thiago Santana

O árbitro

João Pinheiro, da AF Braga, foi o árbitro nomeado para dirigir o encontro. Bruno Rodrigues e Nuno Manso serão os assistentes, enquanto Sérgio Guelho será o 4.º árbitro. Rui Costa e Tiago Costa ficarão responsáveis pelo VAR e AVAR, respetivamente.

Será o terceiro encontro do Benfica que João Pinheiro dirige esta temoprada, depois de ter apitado o triunfo por 2-0 sobre o Gil Vicente e, mais recentemente, o empate na deslocação a Setúbal.

Será igualmente o terceiro jogo do Santa Clara dirigido esta época pelo árbitro, não tendo o conjunto açoriano vencido qualquer um deles (empate 1-1 como o Belenenses SAD, e derrota por 1-0 com o Rio Ave).

O jogo

Benfica e Santa Clara entram em campo a partir das 19h15 no Estádio da Luz. Poderá seguir tudo aqui, AO MINUTO, no SAPO Desporto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.