O Sporting despede-se esta sexta-feira da primeira volta da I Liga com uma visita de alto risco à Madeira, onde encontra um Marítimo que o ‘travou’ nas quatro últimas épocas no campeonato, e na presente temporada para a Taça de Portugal.

O encontro nos Barreiros acontece num contexto muito positivo para o Sporting, que é líder do campeonato, seja qual for o desfecho do jogo no Funchal, face a uma vantagem de quatro pontos para o FC Porto e nove para SC Braga e Benfica (recebe o Vitória de Guimarães à mesma hora).

Na Madeira, a equipa de Rúben Amorim, que não terá Luís Neto (castigado), Nuno Mendes e João Mário (lesionados), quer dar continuidade ao bom momento no campeonato, onde ainda não perdeu qualquer jogo. Nos últimos cinco jogos, em todas as competições, os 'leões' somaram quatro triunfos (Benfica, Boavista, SC Braga e FC Porto) e apenas um empate (Rio Ave).

Já o Marítimo chega a este duelo na 10.ª posição, com os mesmos 17 pontos do Nacional. Os insulares foram dos poucos que esta época conseguiram contrariar o Sporting, com a equipa treinada pelo brasileiro Milton Mendes a eliminar, em janeiro, o conjunto de Alvalade, nos oitavos de final da Taça de Portugal - vitória por 2-0 com golos de Rodrigo Pinho e Leo Andrade.

O Marítimo acabaria por ser eliminado na ronda seguinte pelo Estoril, tendo ainda somado duas derrotas nas últimas duas jornadas do campeonato, frente a Paços de Ferreira e Vitória de Guimarães, sendo que em ambos os jogos não registou qualquer golo.

Confronto direto

Analisando todos os duelos na ilha da Madeira, em 41 embates, o Sporting venceu em 23 ocasiões, somando sete empates e 11 derrotas.

Os Barreiros têm sido um terreno 'mal-amado' para os 'leões', sobretudo nos últimos anos. Nas últimas cinco temporadas, o Sporting somou apenas um triunfo, averbando três empates e uma derrota, a que se junta o 'desaire' sofrido para a Taça de Portugal em janeiro deste ano.

O que dizem os treinadores

Rúben Amorim: "“O segredo para este jogo é o mesmo de sempre: intensidade, concentração e rigor. [O Marítimo] Foi a única equipa que nos ganhou este ano em Portugal, que nos eliminou de uma competição que queríamos vencer. Temos de ser humildes, sabemos que temos alguns defeitos, mas temos coisas boas e é nisso que temos de nos focar."

O árbitro

Hugo Miguel foi o árbitro nomeado para dirigir o encontro entre Marítimo e Sporting. O juiz da AF Lisboa será auxiliado por Bruno Jesus e Ricardo Santos, com Ricardo Baixinho como quarto árbitro. André Narciso será o videoárbitro da partida, auxiliado por Paulo Brás.

O Marítimo-Sporting, da 17.ª jornada da I Liga, está marcado para as 19h00 desta sexta-feira e pode ser acompanhado, ao minuto, no SAPO Desporto, com fotos e vídeos dos principais lances.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.