O antigo jogador do Benfica e da seleção nacional, António Simões, apresentou esta terça-feira o seu livro onde sintetiza a sua experiência de 50 anos no futebol justificando-o com a necessidade de «falar de outros protagonistas menos conhecidos e nunca reconhecidos».

«Tenho colegas bicampeões europeus que nunca foram reconhecidos. Achei que tinha chegado o momento de falar sobre os outros, sobretudo dos que não são muito conhecidos e que nunca foram reconhecidos», afirmou António Simões durante a cerimónia do lançamento do livro e que contou com figuras do futebol como Paulo Bento, Carlos Queiroz, Fernando Santos, Eusébio, João Vieira Pinto ou José Augusto.

Simões assumiu-se como um homem «conhecido e reconhecido», sobre quem, ao longo dos anos, «muita gente escreveu, e escreveu bem», razão pela qual se confessou «feliz com o trajeto que fez no futebol» e com este livro, no qual «conta histórias» que partilhou com pessoas com quem viveu, trabalhou, treinou, dirigiu e foi dirigido.

Habituado a servir golos a jogadores como Eusébio, Torres e companhia, as histórias de António Simões ficam agora imortalizadas num livro que promete assistir o leitor para o lado mais humano do futebol.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.