O treinador Filipe Gouveia disse esta sexta-feira que a Académica pretende regressar às vitórias no domingo, na receção ao Nacional, em jogo da 21ª jornada da I Liga de futebol, após o desaire em Alvalade.

Salientando que a derrota com o Sporting (3-2), na última ronda, não abalou a equipa, apesar de a Académica ter caído para a zona de despromoção, o técnico academista disse na conferência de antevisão à partida que o objetivo "número um é vencer" o conjunto insular.

Com as contas baralhadas na causa da tabela, Filipe Gouveia considera que, para recuperar a "almofada" pontual que o clube já teve relativamente aos lugares de descida, a equipa precisa de "conseguir já uma vitória contra o Nacional, com a ajuda do nosso público".

"O grupo está unido e forte e acreditamos que, com maior ou menor dificuldade, vamos ganhar o jogo", disse o treinador, salientando que a equipa madeirense "é traiçoeira, reforçou-se bem” e vai “criar muitos problemas".

Segundo o timoneiro da ‘briosa’, "o grupo tem de estar igual a si próprio”, como tem “estado nas partidas em casa, e temos de trabalhar muito porque não é fácil ganhar jogos".

"Estamos todos cientes das dificuldades e os jogadores têm, por si, de dar de dar mais um bocadinho", sublinhou.

Num gesto de união, o plantel participou na parte final da conferência de imprensa e o capitão Marinho, em nome do grupo, apelou aos sócios para apoiarem a equipa, salientando que "juntos somos mais fortes e que os jogadores estão focados nos objetivos da Académica".

A Académica, 17ª e penúltima classificada, com 17 pontos, e o Nacional, 15.º, com 20, defrontam-se no Estádio Cidade de Coimbra, no sábado, a partir das 16h00, com arbitragem de Luís Ferreira, da Associação de Futebol de Braga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.