O encontro entre o Benfica e o Desportivo das Aves esteve durante parte do segundo tempo sem qualquer tipo de comunicação entre o árbitro do encontro e o videoárbitro que acompanhou o jogo na Cidade do Futebol.

Segundo o Projeto videoárbitro, uma criação da Federação Portuguesa de Futebol, houve uma anomalia técnica na comunicação entre Nuno Almeida e o VAR durante a partida

"No jogo entre Desportivo das Aves e SL Benfica verificou-se uma quebra de comunicações entre o vídeo-árbitro e a equipa de arbitragem. A quebra de comunicações com o equipamento do árbitro detetou-se aos 66 minutos e durou até ao final do jogo. A inexistência de comunicações impediu o diálogo entre VAR e equipa de arbitragem no terreno".

Recorde-se de que o Benfica venceu o Desportivo das Aves por 3-1. No lance que originou o terceiro golo dos 'encarnados', a grande penalidade cometida pela equipa da casa é precedida de um lance que originou muitas criticas ao árbitro. Antes da sequência do lance que deu a grande penalidade, um jogador do Benfica tinha feito falta.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.